Uma mulher telefonou para o 190, da Polícia Militar, para pedir ajuda, pois havia sido agredida por seu marido. O caso ocorreu no fim da noite deste domingo (27), por volta das 22h45min, no Centro de Orleans. Uma guarnição foi ao local e a mulher estava muito nervosa. O homem não estava na casa no momento em que a PM chegou. Segundo ela, os dois começaram a discutir, ele a grudou pelos cabelos, a jogou no chão com força e começou a xinga-la com palavras de baixo calão. A mulher tinha hematomas no lado esquerdo do pescoço, na perna direita e reclamava de muita dor no pé direito.

Na residência, a PM observou que a cama estava desarrumada e havia marcas de sangue no chão do quarto. Neste momento, o marido chegou na casa. Ele confirmou que eles haviam discutido e mostrou alguns ferimentos leves em ambos os braços que, segundo ele, haviam sido feitos pela mulher. O homem contou que apenas tentava se defender. A mulher afirmou que queria representar contra o homem e, por isso, os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Criciúma. O homem não foi algemado, pois mostrou-se cooperativo.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul