Letícia Nascimento Gonçalves tem aproximadamente 1,55 metro, é magra e morena. Ela vestia calça jeans e blusa rosa quando desapareceu - Fotos: Arquivo da família

Uma família de Laguna está desesperada em busca da adolescente Letícia Nascimento Gonçalves, 15 anos. A garota saiu de casa neste domingo (23) à tarde e não voltou mais. Nesta terça-feira (26), várias pessoas foram ouvidas pela polícia, mas ninguém soube dizer onde ela poderia estar os o porquê ela saiu de casa sem dizer nada.

Ela vestia caça jeans e uma blusinha cor-de-rosa quando desapareceu. Letícia tem cerca de 1,55 metro de altura, é morena e magra. A família mudou para a Cidade de Anita há cerca de dois anos e meio. Eles residiam em Curitiba, capital do Paraná. Os parentes de Alexsandra, mãe da garota, são da região.

Segundo a tia dela, Sandra, tudo estava bem. Letícia estava contente, fez o almoço de domingo para a família. Os pais saíram para ir ao mercado e ela não quis ir junto. Quando eles retornaram, por volta das 14 horas, a menina já tinha saído.

Letícia é morena e vestia calça Jeans e blusa cor-de-rosa quando desapareceu, no último domingo (23)

Os avós de Letícia moram na esquina da casa dela, mas também não a viram sair. Os pais procuraram pelo bairro, fizeram contato com amigos e outros parentes, mas ninguém tem notícias do seu paradeiro. A garota não levou nada e não deixou nenhuma mensagem.

Os familiares procuraram a polícia no domingo (23), mas foram orientados para aguardarem até a segunda-feira (24) para registrar o boletim de ocorrência, o que já foi feito. A avó da garota, dona Neuza, está desesperada em busca da neta. As duas são muito apegadas e ela está na casa dos pais de Letícia a espera dela.

“Ainda não tivemos nenhuma pista. A polícia está investigando e hoje falou com várias pessoas, para ver se alguém tem qualquer informação. Nós não fazemos ideia do que pode ter ocorrido. Dona Neuza está desesperada e espera por ela. Só queremos que ela retorne em segurança”, desabafa Sandra.

Letícia não queria morar em Laguna, mas teve que acompanhar os pais. O medo da família é que ela esteja tentando voltar para Curitiba sozinha. Quem tiver qualquer informação deve acionar a Polícia Militar de Laguna, por meio do telefone de emergência 190, ou entrar em contato diretamente com a tia dela, Sandra, no telefone (41) 99872-5558, ou a mãe, Alexsandra, no número (41) 99546-4840.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul