Em três dias, na última semana, quase 90 quilos de maconha que seriam distribuídos para a venda (traficante) foram tirados de circulação nas cidades de Tubarão e Içara. As operações foram realizadas pelas polícias Civil e Militar.

Inclusive em uma delas, na Cidade Azul, a força-tarefa teve o auxílio da Deic, de Florianópolis, quando houve a maior apreensão: 40 quilos da droga.

Em Içara, na noite de quinta-feira, 21, policiais da Guarnição Especial de Içara (GEIc) apreenderam mais de 25 quilos de maconha. A operação teve início a partir do monitoramento do local pela Agência de Inteligência da unidade e durou aproximadamente três meses.

Uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) foi até o endereço investigado e confiscou a droga, além de prender o envolvido. A ação foi realizada durante uma abordagem de um veículo que saiu da residência do suspeito de comercializar os entorpecentes. Com o condutor nada de ilícito foi encontrado, entretanto, ele admitiu que comprava drogas do proprietário da casa.

Com isso, os policiais foram até o endereço e se depararam com o traficante correndo e pulando muros, e foi abordado pela PM. Em busca pessoal, nada foi encontrado, porém, ao ser questionado, ele confessou que guardava no forro de sua residência mais de 25 quilos de maconha, que foram localizadas pela guarnição

O homem foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

Ainda em Tubarão
A Polícia Militar de Tubarão, por meio do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), apreendeu na última sexta-feira (22), no bairro Humaitá de Cima, 12 quilos de maconha. Na abordagem feita pelos policiais, eles descobriram que os ‘fornecedores’ eram de Palhoça, na Grande Florianópolis.