Uma operação conjunta denominada Skadi, realizada na noite desta segunda-feira (18), em Tubarão, resultou na apreensão de 65 tabletes de maconha, aproximadamente 49 quilos, e na prisão em flagrante de dois homens (as idades não foram divulgadas).

A ação foi desencadeada pela Polícia Civil catarinense, por intermédio da Divisão de Investigação Criminal de Tubarão (DIC) e da Delegacia Estadual de Repressão de Entorpecentes (DEIC-DRE), em conjunto com a Polícia Militar da Cidade Azul, por meio do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), Setor de Inteligência e da Rocam – Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas.

A operação é fruto de investigações que visam combater e repreender o tráfico de drogas. Há um tempo, os policiais monitoram os responsáveis por fornecer grande quantidade de drogas em Tubarão. Os policiais sabiam que os entorpecentes chegariam na cidade para serem comercializados.

A droga é proveniente da Grande Florianópolis e, no momento em que seria feita a entrega, os policiais realizaram a abordagem. A ação teve início por volta das 20h.

Os suspeitos, que estavam em um Fox branco, com placas de Palhoça, e em uma motocicleta vermelha, fugiram pela marginal da BR-101, nas proximidades da Concessionária Fiat (somente referência), em direção ao bairro Guarda. Um deles, ainda, desrespeitando a ordem de parada, atirou o veículo contra os policiais da Divisão de Investigação Criminal.

Após o acompanhamento policial, a dupla foi presa. Os tabletes estavam no porta-malas do automóvel. As investigações prosseguem para identificar e prender outros envolvidos no grupo criminoso.