O fogo destruiu toda a estrutura. Nem mesmo um tijolo poderá ser reaproveitado. Campanha, lançada no site Vakinha, já arrecadou cerca de 25% do total proposto - Foto: Corpo de Bombeiros Militar de São Ludgero

O fim de noite trágico deu lugar a um amanhecer cheio de esperança, amizade e senso de coletivo. Completamente destruída em um incêndio nesta quarta-feira (2), noite em de inauguração, uma campanha para auxiliar a reconstruir a Arena Belveder é lançada pela comunidade de São Ludgero.

O fogo iniciou em uma churrasqueira do tipo parrilla e rapidamente tomou conta do restaurante e de todas as outras estruturas do complexo esportivo e de bem-estar. O local estava lotado de pessoas para a festa de inauguração. Ninguém ficou ferido.

Intitulada de #PraCimaBelveder, a campanha foi lançada no site colaborativo Vakinha e, até as 21h30min desta quinta-feira, pouco mais de R$ 37,5 mil havia sido arrecadado. O valor proposto para a ação é de R$ 150 mil, o mesmo recurso empregado para construir o local.

A estrutura da Arena Belveder tinha aproximadamente 300 metros quadrados. Tudo foi perdido no incêndio ocorrido nesta quarta-feira (2), noite da inauguração – Foto: Divulgação

O fogo destruiu tudo. Nada, nem mesmo um tijolo, poderá ser reaproveitado. Quem quiser ajudar a reconstruir o espaço, pode doar qualquer valor por meio deste link. A Arena Belveder ofereceria atividades como beach tennis, futevôlei, vôlei de praia e academia. O complexo também contava com uma área gourmet, espaço kids e sala para prática de yoga.

Bombeiros Militares de São Ludgero e Braço do Norte utilizaram cerca de nove mil litros de água para combater as chamas – Foto: Corpo de Bombeiros Militar de São Ludgero

A trágica noite
A festa de inauguração da Arena Belveder, no bairro Bela Vista, em São Ludgero, iniciou por volta das 18 horas desta quarta-feira (2). Horas mais tarde, aproximadamente às 22h30min, o fogo iniciou em uma churrasqueira e rapidamente se alastrou por toda a estrutura de cerca de 300 metros quadrados recém construída. Equipes do Corpo de Militar de São Ludgero e de Braço do Norte utilizaram cerca de nove mil litros de água para o combate às chamas. A maior preocupação era evitar que o fogo chegasse a casas que ficam próximas do complexo esportivo.

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul