Liliane Dias
Tubarão

Duas ações em uma: disponibilizar o maior número de máscaras de tecido para a população e contribuir com famílias em situação de vulnerabilidade. Essa é a ideia de um grupo de voluntários que iniciou a campanha ‘Bem por Bem’.

O trabalho é organizado pelo Projeto Fome de Amor, e conta com cerca de 20 voluntários. O responsável pelo programa, Ronei Duarte Guimarães, explica que devido a necessidade de as pessoas utilizarem máscaras e a escassez no mercado tiveram a iniciativa de produzi-las e disponibilizá-las para as pessoas em geral.

“Pensamos em produzir para tentar minimizar a compra das máscaras descartáveis, porque não estavam sendo produzidas em larga escala pelas indústrias e assim, sobrar um volume maior de equipamento para o pessoal que atua na área da saúde e que está na linha de frente”, detalha.

Tanto o trabalho de confecção quanto os tecidos foram doados. Alguns membros do projeto e outros se engajaram na causa e se voluntariaram durante a campanha. E o tempo da campanha dependerá da procura pelos equipamentos. “Vamos continuar confeccionando até que não haja mais procura”, reforça.

Assim, o responsável pelo programa diz que estariam contribuindo com os dois setores, os que precisam do equipamento e as pessoas com baixa renda. “Por conta de toda essa situação, a ideia é de confeccionar as máscaras para serem trocadas por dois quilos de alimentos não perecíveis ou material de higiene”, pontua.

 

Como adquirir a máscara

As trocas serão efetuadas em pontos específicos e estarão sujeitas ao horário de funcionamento de cada estabelecimento. A pessoa deverá levar dois itens não perecíveis, preferencialmente alimento ou material de higiene e retira uma máscara (dois itens por máscara). Todas as máscaras são devidamente passadas e embrulhadas.
Os estabelecimentos em que se poderá trocar os alimentos por máscaras são: FB Imports, Barbearia Pavão, Mercado Mara, Vida Cotidiana, Bike Xtreme e CredExpress, todos em Tubarão. Para as pessoas que queiram doar alimentos e outros itens, fica disponível o contato (48) 99976 – 5688.

 

Projeto Fome de Amor

Trata-se de um projeto cristão. Apesar do nome ser um projeto, Ronei explica que se trata de uma igreja. “Nos reunimos para cultuar a diferença, é que não temos um templo específico. Realizamos os cultos nos lares e nossas ações são bem mais abrangentes do que uma igreja tradicional, pois atuamos em várias frentes”, expõe.
Os projetos ocorrem por meio de ações específicas dependendo da época do ano. Entre as ações no decorrer do ano, estão cursos gratuitos para a comunidade, mutirão de pequenos reparos, arrecadação e doação de móveis, alimentos, roupas e calçados. Também são promovidos eventos como, por exemplo, o de Natal e do Dia das Crianças.