Marco Antonio Mendes
Fpolis

Se a vitória do Avaí sobre o Atlético Tubarão era dada como praticamente certa, o time de Marcelo Cabo provou que era necessário apenas tempo para se recuperar do início desastroso no Campeonato Catarinense. Motivado com a primeira vitória, na última quarta-feira, em cima do Metropolitano, os tubaronenses ficaram no empate sem gols com o avaianos, no sábado, em plena Ressacada, pela quinta rodada do Estadual.

No entanto, mesmo com um ponto a mais, o Atlético Tubarão continua em nono lugar e na zona de rebaixamento. Já a equipe da capital ainda amargura maus resultados. Na quarta rodada, havia perdido para o Criciúma. O Avaí agora soma oito pontos nesta rodada.

O técnico Silas Pereira teve que administrar uma intensa dor de cabeça. A partida começou com três desfalques. Logo nos primeiros minutos do período inicial, dois jogadores tiveram que ser substituídos por problemas físicos. Já pelo lado do Atlético Tubarão, o goleiro Daniel, que ficou no lugar de Marcos Leandro, depois que ele pediu dispensa quinta-feira, estava inspiradíssimo.

Como era esperado, os donos da casa iniciaram pressionando o confronto, mas os visitantes souberam administrar bastante o desafio. As primeiras grandes defesas do goleiro tubaronense vieram nos minutos iniciais. Eltinho teve a sua chance e depois, com um lance pela direita, Rafael Costa também. Aos 18 minutos, o arqueiro fez outra boa defesa de um chute de longe e rasteiro de Odair.

O ataque do Atlético encontrou dificuldades em avançar. Mas aos 25 minutos, Bruno fez tabela com Allan, que invadiu a área pela diagonal direita, mas Martini, do Avaí, deu o rebote e a zaga afastou.

Goleiro quer a titularidade
No período complementar, Odair, do Avaí, quase marcou o primeiro, no início. Ele conseguiu derrubar a defesa tubaronense, chutou forte, mas a bola bateu no travessão.

Já aos 24 minutos, a equipe de Marcelo Cabo teve sua chance. Fábio Bala recebeu de Allan na entrada da área e deu um chute, mas foi defendido pelo goleiro Eduardo Martini. No fim da partida, o Avaí já tinha quatro bolas na trave, contando a que saiu dos pés de Davi, em chute forte pelo lado esquerdo da área, aos 46 minutos.
Com a pressão do Atlético Tubarão diante do clube que está na Série A do Campeonato Brasileiro, a equipe volta a jogar na quarta-feira, no estádio Anibal Costa, contra o Marcílio Dias, às 20h30min.

Contente com o seu desempenho na partida contra o Avaí, o goleiro Daniel disse, após a partida, que merece ficar na titularidade da equipe. “Trabalhei muito até aqui e preparei-me bastante para quando tivesse uma oportunidade de entrar em campo fazer uma boa partida. Estão falando que vão contratar outro goleiro, mas acho que não precisa”, sugere.