terça, 19 de novembro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Tecnologia e Educação - Fernando Darci Pitt

Dê férias para seu sofá

Publicado em 24/10/2019 00h14

Dê férias para seu sofá

Como já abordamos em alguns textos ao longo dos últimos meses em que publicamos esta coluna, faz-se necessário atualizarmos nossas ‘hard skills’ e ‘soft skills’ a todo momento visto que o desenvolvimento tecnológico tanto tem criado quanto incrementado as exigências já existentes no mercado de trabalho. E infelizmente tenho que ser o portador de uma notícia desconfortável para aqueles que imaginam que este “upgrade” de competências técnicas e comportamentais acontece naturalmente, quase que por “telepatia” ou de forma “quântica”: Isso não existe! A verdade é que mais do que nunca temos que nos convencer que seremos eternos aprendedores, e como costumeiramente repito: Quem não gosta de estudar é bom aprender a gostar, pois não existe outra mágica, e sim, dedicação.

Mesmo convencidos disso, quem nunca ouviu a típica frase?: “eu não tenho mais tempo nem paciência para ficar 4 horas por dia durante alguns anos em uma sala de aula para voltar a estudar”. Mas quem disse que para aprender precisamos estar em uma sala de aula convencional? É certo que por uma questão legal toda a Educação Básica (fundamental e ensino médio) deve ser cursada em uma escola e de forma presencial, pois o STF julgou em Setembro de 2018 é ilegal educar em casa (HomeSchooling) no Brasil, algo muito comum e em franca expansão em outros países, como nos Estados Unidos.

Porém, já nos outros níveis de educação como Cursos Técnicos, Graduação e Pós Graduação, são ofertadas muitas oportunidades de formação à distância, ou comumente conhecidos como Cursos EaD, ou mesmo semipresenciais, os quais oferecem possibilidades de horários flexíveis e ajustáveis de acordo com a disponibilidade de cada aluno, e ainda, oportunizam para alunos distantes de grandes centros “frequentarem” cursos ofertados somente nestas regiões.

Só que a atualização de competências não pode ser unicamente avaliada para ocorrer em um curso regular, e com escrevemos na última semana, nossos diplomas passam a vir com prazo de validade, o qual a cada ano tem se tornado mais curto com o avanço tecnológico.

É possível que você neste momento esteja se perguntando, mas então como se manter atualizado?
São vários os caminhos possíveis, dos quais cursos regulares como Cursos Técnicos são um destes, além é claro de uma outra modalidade muito apropriada que é o “FIC – Formação Inicial e Continuada”, ou como são conhecidos: cursos de curta duração ou ainda cursos de qualificação.

Estes também são ofertados tanto presencialmente quanto à distância, e aqui na Cidade Azul são várias as Instituições que ofertam cursos que tem duração a partir de 2 horas até mais de 300 horas, que vão desde áreas de tecnológia, industrial, comércio, serviço, saúde, dentre muitas outras.

Além do que já foi escrito quero destacar mais uma forma de aprender e se atualizar, que embora não substitua a formação regular, a complementa muito bem. Estou falando do aprendizado informal por meio de outros meios, sejam eles tecnológicos e “digitais” ou mesmo “analógicos”.
No que se refere ao meio digital são inúmeras as opções, e que embora muitas já tenhas sido descritas em colunas anteriores vou repeti-las:

• Vídeos online: substitua pelo menos parte dos vídeos “engraçados” assistidos no youtube por vídeos com conteúdos técnicos;
• Mídias sociais: deixe de seguir celebridades que ganham para tentar te vender a “moda delas”, e passe a seguir conteúdos relevantes e educacionais;
• Nanodegree: aproveite seu tempo livre e faça cursos rápidos disponíveis na internet, comece pelos gratuitos e da sua área de atuação ou hobby;
• PodCasts: em parte dos seus trajetos de carro ou caminhando substitua a música por podcasts. Uma dica é o Pêssego Podcast (https://pessegoatomico.podbean.com/) produzido por uma galera muito antenada aqui de Tubarão, siga também o Scicast, o Escriba Café, Café Brasil, Nerdcast, dentre outros;
• E muito mais.....

Já no meio “analógico”, um excelente meio de aprendizado (não tão novo assim) é a leitura, seja de livros técnicos, romances, clássicos, ficção, dentre outros. Vale gibis também, desde que não fique só neles.

Seja no meio digital ou analógico, são muitas as opções para mantermos nossas “skills” sempre atualizadas, só o que não vale é ficar feito um “moribundo” no sofá nas tardes de domingo. Dê férias para seu sofá!

Pais/Educadores: Sabiam que o jovem Brasileiro é um dos mais ativos na internet em todo mundo?  E que há pesquisas que demonstram que na média chegam a gastar mais de 3horas diárias nas mídias sociais? Então que tal avaliar com eles os seus hábitos e sugerir a substituição de um vídeo de “bobiçada” por um de ciência e tecnologia? Ou mesmo um que complemente os assuntos estudados em sala de aula? E que tal ainda, fazê-los refletir se realmente é justificado continuar seguindo “celebridades” e brigando por conta das suas postagens?

 A internet pode ser “tudo de bom”, mas também pode ser “tudo de ruim”, a escolha é nossa!
Leia mais textos desta coluna em http://bit.ly/fernandopitt


VOLTAR
Banner ServerDo.in
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.