quarta, 17 de julho de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Tecnologia e Educação - Fernando Darci Pitt

Conversas privadas seguras

Publicado em 11/07/2019 00h06

Conversas privadas seguras
Foto: Divulgação/Notisul

Já faz algumas semanas que estamos acompanhando, pelas mídias, a divulgação de supostas conversas entre membros do judiciário, e mais recentemente também o “vazamento de prints” de conversas entre membros de partidos da oposição. Não vou entrar na discussão sobre os conteúdos divulgados, e muito menos se os mesmos são verdadeiros ou simples “Fake News”, deixamos isso ao cargo das instituições competentes como a Polícia Federal. O que me proponho nesta semana é trazer algumas informações básicas de segurança para que você não seja a “próxima vítima”.

Antes de tudo é pertinente informar que existem muitas formas de invasão, das quais um hacker poderá se utilizar de diferentes ferramentas e métodos e certamente conseguirá o que deseja, seja invadindo diretamente seu computador, celular, rede, ou algumas vezes até mesmo o servidor, e nestes casos, geralmente pouco podemos fazer para nos proteger, a não ser, evitar de manter arquivos com conteúdo “sensível” em nossas máquinas e/ou em servidores pouco confiáveis.

Contudo, a maioria dos casos de interceptação de mensagens por exemplo, ocorrem graças a ao descuido do próprio usuário no uso de mensageiros instantâneos como o WhatsApp e o Telegram.  Mas existem alguns cuidados que se tomados podem minimizar muito estes riscos.
Passo 1: Só baixe estes aplicativos diretamente das lojas oficiais, além de tomar o cuidado de estar baixando do desenvolvedor original (especialmente em telefones Android).
Passo 2: Coloque uma senha para acessar o aplicativo no seu celular, assim você evita que enxeridos que por ventura tenham acesso ao seu aparelho fiquem bisbilhotando sua comunicação privada.

Passo 3:  Ative a “Verificação em duas etapas”, assim mesmo que alguém conseguir roubar o código de ativação e tentar registrar seu número em um outro aparelho que não o seu, será necessário inserir este código adicional que só você saberá. Este código é uma camada extra de segurança que visa proteger sua conta contra clonagens.

Passo 4: Sempre que utilizar o WhatsApp ou Telegram pelo computador (opção WEB), lembre-se de sair de todas as sessões abertas, ainda mais se este uso de deu em uma máquina que não seja a sua.

Passo 5: Defina quem poderá ver seu número e foto de perfil, se todos os usuários, somente os seus contatos ou ninguém. O mesmo vale para a notificação de leitura de mensagens enviadas e recebidas.

Tenha ainda os seguintes cuidados adicionais:
Nunca empreste seu celular para estranhos, pois basta apenas alguns segundos para tentar roubar o código de ativação de algum aplicativo / serviço que utiliza seu número.

Mantenha um antivírus em seu computador e também com o sistema operacional atualizado, pois se o mesmo for invadido tudo o que você fizer nele poderá ser espelhado e enviado remotamente para qualquer parte do planeta. Coloque ainda uma senha no seu PC especialmente se você o utiliza em ambientes públicos como faculdade ou trabalho, pois basta alguns minutos para instalar um programa espião nele.

 Não abra e-mails e muito menos anexos e nem clique em links de remetentes estranhos, e desconfie até mesmo de remetentes conhecidos. Você sabia que há métodos para direcionar a navegação para um endereço diferente do “aparentemente descrito” no link além de fazer o remetente real se parecer por outra pessoa?

Evite ao máximo clicar e reencaminhar aqueles “gif animados”, pois embora pareçam inofensivos podem carregar códigos maliciosos capazes de invadir seu sistema operacional. Outra forma possível de invasão e roubo de informações é por meio de aplicativos maliciosos, por isso só baixe APPs fora das lojas oficiais se realmente você confiar no desenvolvedor. Telefones com sistema operacional Android são mais vulneráveis. Embora os iPhones também possam ser invadidos, possuem camadas extras de segurança que os tornam um pouco mais seguros. Tanto um sistema quanto outro devem ser mantidos sempre atualizados.

E se por acaso mesmo com todos os cuidados você receber algum “print” de alguma suposta conversa privada sua, primeira coisa a fazer é verificar sua veracidade, pois existem alguns aplicativos que custam menos de R$8 e com os quais pode-se criar uma conversa simulada como se fosse real, seja com quem for, inclusive com áudios e vídeos e até mesmo conversas em grupo.

Por fim lembre-se, mesmo que estes mensageiros instantâneos prometam criptografia ponta a ponta, caberá a você decidir como utilizá-los, tanto na forma quanto no conteúdo. Use-os, mas não abuse.

Leia outros textos desta coluna em http://bit.ly/fernandopitt.


VOLTAR
Banner ServerDo.in
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.