Uma cobrança de aluguel resulta em tiros, neste domingo (14), em Braço do Norte. A Policia Militar foi acionada, via Central Regional de Emergência, por volta das 18h30, para atender a uma ocorrência de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, em decorrência de desacordo comercial.

No local as vitimas informaram a guarnição que foram cobrar o aluguel de seu inquilino, o qual relatou que não iria pagar, não iria sair da casa e falou que iria matar o solicitante. Após a ameaça, o inquilino pegou um revólver, calibre 32 e efetuou dois disparos, vistos e ouvidos pelas vítimas.

Na sequencia a guarnição se deslocou até a residência para deter os homens pelo crime de ameaça. A porta do local não tinha fechadura e os envolvidos foram abordados, detidos, revistados e colocados deitados no chão, por se tratar de ocorrência com arma de fogo.

Após uma varredura pela casa, os policiais encontraram, dentro do vaso sanitário, um revólver, calibre 32, com duas munições e outra deflagrada, foi encontrada já na Delegacia de Policia Civil dentro de uma das bolsas do criminoso.

Vale ressaltar que momentos antes, a guarnição havia registrado uma ocorrência de furto em um bar. Lá a vítima relatou que foram furtados vários objetos e este veio à Delegacia de Policia Civil fazer o reconhecimento. Os objetos que foram encontrados dentro da casa do autor foram identificados pela vítima.

Além dos crimes, o cano da arma de fogo cortado. O que configurando alteração de arma de fogo. Diante da situação foi dado voz de prisão aos inquilinos que foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul