Por pouco, a aeronave não caiu sobre uma casa onde estava um casal de idosos.
Por pouco, a aeronave não caiu sobre uma casa onde estava um casal de idosos.

Imbituba

Uma aeronave modelo ultraleve caiu ontem, por volta das 17 horas, ao lado de uma casa no bairro Arroio, em Imbituba. O empresário tubaronense Edson Corrêa pilotava o avião e ficou gravemente ferido.

Ele foi socorrido pelos bombeiros da cidade e encaminhado por um helicóptero de resgate de Florianópolis ao Hospital Celso Ramos, com fraturas na bacia, dentes, braços, pernas e cabeça. Até por volta de 23 horas de ontem, o seu estado de saúde era considerado grave e ele corria risco de morte.
Edson perdeu o controle da aeronave minutos após a decolagem. Ele tem vasta experiência de voo. As causas do acidente ainda não foram apuradas, e há grandes suspeitas de uma falha mecânica.

O ultraleve atingiu uma casa onde estava um casal de idosos. O muro da residência ficou destruído. A moradora, que estava a dois metros de onde o avião caiu, ficou em estado de choque e afirmou que não voltará para casa tão cedo. O dono da casa atingida, o aposentado Alírio Machado da Silva, 64 anos, lamenta o ocorrido e agradece por ninguém ter sido atingido. “O susto foi grande. Vamos dormir fora esta noite”, resumiu Alírio.

A Aeronáutica instaurou um inquérito para apurar as causas do acidente. Segundo amigos de Edson, ele preparava-se para pousar e perdeu o controle. O campo de pouso e decolagens fica no mesmo bairro onde ocorreu o acidente.
Edson foi submetido a uma bateria de exames e passou a madrugada de hoje na sala cirúrgica.