Maycon Vianna
Tubarão

A tentativa de homicídio que ocorreu por volta das 20h30min de quinta-feira na localidade do Beco do Quilinho, no bairro Morrotes, deixou a comunidade com medo. Diante de várias especulações sobre o assunto, a Polícia Civil de Tubarão confirmou que já iniciou as investigações para descobrir quem tentou matar Mário César Tomé, 28 anos. Após depoimento de testemunhas, a polícia já tem alguns suspeitas de quem foi autor dos disparos, mas os investigadores devem esperar o laudo pericial para apresentar as novidades.

Mário César Tomé, que levou dois tiros (um na mão e outra na perna) foi encaminhado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição logo após o atentado.
Mário César continua internado e teme voltar para casa com receio de que possa ser novamente alvo do criminoso, que, segundo a população local, ameaçou voltar para “acertar contas” com mais duas pessoas.

Mário César está em liberdade condicional, passava alguns dias na casa de sua mãe no Beco do Quilinho e trabalhava como eletricista em residências.
A mãe de Mário, Margarida Tomé, 53 anos, ficou bastante assustada depois que tentaram matar o seu filho.

“Foi com muito custo que conseguimos erguer a nossa casa aqui. Agora, vivemos com medo e não sabemos o que pode ocorrer. Meu filho dormia algumas noites na minha casa, mas não sei o paradeiro dele daqui para frente”, revela a dona de casa.