O relato é da Polícia Civil que apura o provável crime. Nada pode ser divulgado, por enquanto, para não atrapalhar as investigações e constranger a suposta vítima

Sangão

Um suposto estupro ocorrido em Sangão será investigado pela Polícia Civil do município. A Polícia Militar foi acionada a uma residência, por meio da Central Regional de Emergência (CRE) do batalhão em Tubarão, neste fim de semana.

“Estamos apurando este caso, por enquanto não podemos divulgar nada. É uma medida para não atrapalhar as investigações e constranger a suposta vítima”, explica o investigador da Polícia Civil , Alex de Souza.

Quando a Polícia Militar chegou à residência, uma pessoa contou à guarnição que uma criança de 10 anos havia sido estuprada por um homem de 53 anos. Todos são moradores da casa e não há informações sobre o grau de parentesco entre as pessoas.

O Conselho Tutelar esteve no local, a criança foi levada para o hospital. Já o autor, encaminhado para a delegacia.

Foto: Somente ilustrativa