Gravatal

Uma mulher morreu no início da tarde desta sexta-feira, após se envolver em um acidente de trânsito na SC-370, em Gravatal. Rosilene Ouriques Vieira (foto detalhe), de 37 anos, era a condutora de uma Eco Sport com placas de Armazém.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima ficou presa às ferragens, foi socorrida com vida, mas morreu a caminho do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão.

As outras duas vítimas tiveram ferimentos leves. O acidente foi registrado por volta de 13h. Conforme a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) do posto de Gravatal, um caminhão, três carros e uma motocicleta se envolveram na colisão.

Rosilene era casada com Diomar Nazário Freitas, e tinha uma filha, Helen Vieira. A cerimônia fúnebre iniciou às 23h desta sexta, na Capela Mortuária São Pedro. A missa de corpo presente será às 15h deste sábado, na Igreja Matriz Paróquia São Pedro, no centro de Armazém, com sepultamento no Cemitério de Bom Jesus.

Os bombeiros e o Samu realizam o socorro dos feridos. No local, Rosilene estava presa às ferragens e foi conduzida ao HNSC, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. Outras duas vítimas tiveram ferimentos e estão estáveis.

O acidente gravíssimo ocorreu nas proximidades do Restaurante Sabor com Tempero (referência).

A guarnição do Corpo de Bombeiros de Armazém foi a primeira a prestar socorro, solicitando a presença da equipe do Samu de Braço do Norte, que ao chegar no local assumiu o caso da mulher que estava presa nas ferragens, inconsciente, politraumatizada e  apresentando diversas fraturas pelo corpo, a mesma foi encaminhada ao HNSC pela equipe do Samu, no trajeto ela sofreu uma parada cardiorrespiratória e precisou da UTI Móvel que, ao chegar no local, o médico responsável constatou o óbito.

Os demais envolvidos no acidente passam bem.