Foto: Divulgação/Notisul
Foto: Divulgação/Notisul

Gravatal

O poder Judiciário da Comarca de Armazém condenou um jovem de 24 anos por roubo a um casal de idosos ocorrido em dezembro de 2017. O sujeito, que já possuía diversos antecedentes policiais por assalto, foi condenado a 19 anos e dez meses de reclusão pelos crimes roubo qualificado, associação criminosa e corrupção de menores.

O crime chocou pela violência empregada pelos criminosos. Pelo menos quatro homens portando arma de fogo entraram na residência do casal, renderam e agrediram as vítimas, com mais de 70 anos de idade. Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, com participação no roubo, já haviam sido apreendidos e condenados a medidas socioeducativas de internação.

As investigações foram realizadas pelos policiais civis da Delegacia de Gravatal, com apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Tubarão. O inquérito e procedimento de apuração de ato infracional para apuração dos fatos foi acompanhado pelo Ministério Público e poder Judiciário de Armazém.

Os trabalhos foram coordenados, na época, pelos delegados Willian Antônio Meotti e André Crisostomo.