Motocicleta foi abandonada na frente da Relojoaria durante a fuga. Policiais militares, em rondas no Centro, flagraram a ação e prenderam o autor  -  Fotos: Jailson Vieira/Notisul
Motocicleta foi abandonada na frente da Relojoaria durante a fuga. Policiais militares, em rondas no Centro, flagraram a ação e prenderam o autor - Fotos: Jailson Vieira/Notisul

Tubarão

Algumas pessoas questionam: ‘não respeitam mais o cidadão?’ Mas alguém já viu bandido ter respeito? Outros indagam: ‘daqui a pouco não vamos mais poder sair de casa devido à criminalidade. Onde vamos parar?’ Não há como parar, é o curso natural do desenvolvimento… A cidade cresce, o número de desocupados e vagabundos também aumenta. A introdução desta matéria refere-se a um arrombamento seguido de furto na loja RH Joias, efetuado por um ladrão audacioso que, por volta das 12h40min desta sexta-feira, na maior ‘cara de pau’, efetuou o crime na rua Lauro Müller, no chamado coração de Tubarão, no Centro. O fluxo de veículos, ciclistas e pedestres é amplo nesta região em qualquer hora do dia e eleva-se no horário de pico, que foi o momento do ato. Cerca de 50 pessoas almoçavam em um restaurante a aproximadamente 15 metros do local.

Tudo começou com um furto de uma motocicleta dentro do pátio de uma empresa no bairro Santo André, em Capivari de Baixo. Uma Honda Falcon – placa da Cidade Termelétrica – foi levada pelo mesmo homem que, momentos depois, seria responsável pelo crime na Cidade Azul. O bandido utilizou uma marreta para estourar uma vitrine da RH Joias. Seis relógios da marca Invicta, avaliados em R$ 20 mil, foram subtraídos. A loja estava fechada no momento da ação. O suspeito decidiu fugir a pé. Homens da Polícia Militar flagraram a sua audácia e tiveram (devido ao trânsito lento) de acompanhá-lo também a pé. Um quilômetro depois – nas redondezas do Morro da Catedral, uma mochila com os objetos do furto foi abandonada e recuperada pela PM.

As buscas pelo paradeiro do suspeito continuaram até o início da noite desta sexta. Com o apoio da equipe do Setor de Inteligência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi identificado o local por onde o indivíduo passou, já em outra motocicleta. As guarnições deslocaram-se em perseguição, com o apoio da Divisão de Combate a Furtos e Roubos (DCFR) da Polícia Civil. O ladrão, de 23 anos, foi finalmente preso e encaminhado à Central de Polícia. O capitão Josias Machado Severino, chefe da Agência de Inteligência do 5º BPM, destaca que o sucesso desta ação culminou devido à atenção dos policiais militares, que durante a ronda identificaram a atitude do ladrão; a integração entre os órgãos de segurança; e o esforço da equipe da Polícia Militar.


Peritos do IGP de Tubarão estiveram no local poucos minutos depois do furto. Vitrine foi destruída pelo ladrão
 


Marreta foi utilizada para estourar a vitrine. Barulho dos estilhaços assustou quem passava nas proximidades

Caso Quevedo, Farol Shopping
Os dois ladrões que executaram um dos assaltos mais audaciosos do ano na região, na Joalheria Quevedo, no Farol Shopping, Vila Moema, em Tubarão, no último dia 18, praticamente no mesmo horário do fato registrado na RH Joias, no Centro, ainda estão soltos. A equipe da Divisão de Combate a Furtos e Roubos (DCFR) da Cidade Azul trabalha no caso.
A dupla de criminosos chegou a atirar em uma vitrine da loja no shopping, logo após invadir o local e levar uma sacola, segundo informações repassadas pela Polícia Militar, com uma quantidade considerável de ouro. O produto do roubo não foi localizado.