Os majores Joel (E) e Flávio (D) explicam que o projeto deve alcançar toda a cidade em seis meses.
Os majores Joel (E) e Flávio (D) explicam que o projeto deve alcançar toda a cidade em seis meses.

Rafael Andrade
Tubarão

Parece simples, e realmente é. O comando do 5º Batalhão da Polícia Militar (5º BPM) de Tubarão iniciou o projeto Comércio Mais Seguro. O objetivo geral é diminuir os riscos de assalto em estabelecimentos comerciais de Tubarão e região.

“Isto é possível sim, basta atentar-se ao ambiente de trabalho e adequá-lo com seguridade, além de manter contato frequente com a PM quando perceber qualquer ação suspeita e/ou comunicar ao praticar algum transporte de alto valor”, orienta o major Flávio Knabben, comandante do 5º BPM.

Neste mês, praticamente todos os pontos comerciais, dos mais variados segmentos, dos bairros Oficinas, Fábio Silva, Monte Castelo, Santo Antônio de Pádua e Centro serão atendidos pela PM. “Todos os policiais operacionais estão aptos para conversar com os empresários ou gerentes destes pontos e explicar o conteúdo do projeto. Uma cartilha de dicas contra assaltos será entregue e o ambiente será cadastrado, bem como avaliado para possíveis adequações arquitetônicas”, explica o major Joel Alves, coordenador do projeto.

O maior tópico do conteúdo desta cartilha é a prevenção do crime. “Entre as dicas, estão atitudes simples, como o manuseio correto do dinheiro, locais estratégicos de instalação dos caixas, cartazes de proibição de entrada com capacetes, toucas e similares, entre outras 18 dicas importantíssimas”, ressalta Flávio.

Além da prevenção a assaltos, a cartilha traz dicas de como agir durante e depois dos crimes. A cartilha indica que o princípio é manter a calma, nunca reagir ao roubo e acionar o 190 da PM logo após a ação. “É importante anotar alguma característica dos ladrões, como o tipo de roupas e placas de veículos”, ensina Flávio.

12
assaltos. Este foi o número aproximado de vezes que a Padaria Panicoch, ao lado da Catedral de Tubarão, foi invadida por ladrões nos últimos 20 meses. A gerente, Ilda Derner, avalia que este tipo de ação – do Projeto Comércio Mais Seguro – vai beneficiar pela abrangência de informação técnica repassada nos pontos comerciais. “Eles já passaram por aqui, deixaram a cartilha e vamos adequar alguns detalhes e nos policiar mais. A prevenção é o melhor remédio também neste caso”, avalia Ilda.

Todos os bairros serão assistidos
Tubarão é dividido em quatro setores no policiamento ostensivo da PM. Os bairros da margem esquerda serão atendidos após o cadastramento do projeto nos pontos citados na matéria acima. “Além de atender toda a cidade, vamos tentar implantar o conteúdo de conscientização em pontos comerciais de Pedras Grandes, Sangão, Treze de Maio, Capivari de Baixo e Jaguaruna até o fim do próximo ano”, adianta o major Joel Alves, coordenador do projeto.

Resumo das dicas: siga!

• 1 – Procure fazer pagamentos e transações financeiras por telefone ou internet;
• 2 – Instale alarmes, câmeras de segurança;
• 3 – Dê preferências a caixas registrados fixadas;
• 4 – Faça sangria (giro monetário) a cada uma ou duas horas, dependendo do movimento do local;
• 5 – Oriente os empregados a não prestar informações sobre você e sua família;
• 6 – Não reaja ao assalto. Mantenha a calma;
• 7 – Não altere o local em que houve o assalto;
• 8 – Ligue imediatamente para a PM no telefone 190
• 9 – Faça o registro da ocorrência na Polícia Civil.
• 10 – Preste atenção no assaltante e observe o tipo de roupa e todos os detalhes que conseguir.