Tubarão

Mais 50 crianças, da 4ª série do ensino fundamental, receberam camisetas do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), no Colégio São José, em Tubarão. É a vigésima turma que se formou neste curso de prevenção. Na próxima terça-feira, 600 crianças da 4ª série, das redes pública e privada da cidade, receberão o certificado do curso.

Três redações foram premiadas no evento. As redatoras mirins Sarah Martins da Silva, Beatriz de Souza Nandi e Maria Paula Fernandes Martins, todas com 10 anos, destacaram o perigo da utilização de drogas, incluindo o consumo de bebida alcoólica. “Agora, tenho consciência das consequências do consumo das drogas. O organismo é afetado, os neurônios são afetados. Aprendi também que uma pessoa viciada é uma pessoa doente. Por isso, a prevenção é o melhor remédio”, escreveu Beatriz em sua redação.

O sargento Moisés Schmitz, da Polícia Militar, responsável por ministrar o curso às crianças, foi contemplado com alguns presentes. “Adorei a surpresa dos baixinhos. Mas o meu melhor presente é saber que eles ganharam conhecimento”, salienta Schimitz.

O Proerd funciona em Tubarão, desde 1999. Aproximadamente, 17 mil crianças já receberam os certificados do programa. Por ano, formam-se 1,2 mil crianças em Tubarão.
“É muito gratificante saber a vontade dos baixinhos em obter o conhecimento do mundo das drogas. A prevenção é o melhor remédio”, completa Moisés.