Dezoito papelotes foram encontrados com os rapazes. Deste total, 11 estavam escondidos na cueca de um deles.
Dezoito papelotes foram encontrados com os rapazes. Deste total, 11 estavam escondidos na cueca de um deles.

Mirna Graciela
Tubarão

Dois primos, de 18 e 20 anos, ambos de Criciúma, foram presos em flagrante ontem à tarde, em Tubarão, com 18 buchas de cocaína, que totalizam 39 gramas da droga. Eles estavam dentro de um Gol, estacionado rua Lauro Müller (beira-rio margem direita), quando foram abordados por policiais militares.

No momento da revista aos rapazes, o celular de um deles tocava muito, segundo relato de um dos policiais. “Eles vieram vender a cocaína aqui para usuários que não frequentam pontos de drogas e a compram desta forma, pelo telefone. Marcam um lugar e se encontram”, explica um dos PMs.

Onze papelotes foram encontrados na cueca de um dos jovens, o restante estava em um moleton, dentro do veículo. O policial ainda informou que se trata de cocaína de boa qualidade, pois estava em pedras, o que significa que não houve mistura. Cada bucha seria vendida a R$ 100,00, o que contabilizaria aproximadamente R$ 1,8 mil.

Os dois jovens foram levados à Central de Polícia e depois encaminhados ao Presídio Regional de Tubarão. Eles responderão pelo crime de tráfico de drogas. O de 18 anos já teve passagem na polícia, quando menor de idade, por porte de crack e maconha.