#Pracegover Foto: na imagem há o giroflex da PM
#Pracegover Foto: na imagem há o giroflex da PM

O caso do turista que adormeceu na Avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis, e teve o corpo incendiado está sendo investigado pela Polícia Civil. Segundo a Delegacia de Homicídios, que investiga o caso, imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas para descobrir quem são os suspeitos e a motivação da tentativa de homicídio.

Relembre o caso

O crime aconteceu na madrugada de sábado (15) e teve repercussão nacional. Em depoimento para a Polícia Militar (PM), o homem disse que veio de Presidente Prudente (SP) passear em Florianópolis para conhecer a praia. Ele se hospedou em um hostel perto da Lagoa da Conceição, viajaria de volta para casa de ônibus na manhã de sábado e decidiu esperar na Beira-Mar.

No entanto, como estava cansado, acabou adormecendo em um local próximo aos equipamentos de exercícios. Ele acordou com o corpo em chamas e barulho de pessoas rindo. Quando viu as chamas no corpo, ele pulou na água.

A guarnição relatou ainda que os criminosos também colocaram fogo na mochila do homem, onde estavam pertences como celular, documentos e dinheiro.

Um ciclista que passava pelo local estava com o homem até a ambulância chegar, mas não presenciou o momento em que a vítima foi queimada.

O turista foi atendido pelo Samu e em seguida foi encaminhado para o Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago. A gravidade dos ferimentos não foi informada, porém, ele segue internado e deve prestar outro depoimento para a polícia.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: NDMais