#PraCegoVer Na foto, um policial rodoviário federal fiscaliza uma rodovia. Ele está ao lado de uma viatura, às margens da estrada
Nas rodovias federais, os trechos mais preocupantes ficam nas BRs 282 e 116, na região de Lages, devido à Festa do Pinhão. O evento atrai milhares de pessoas à Serra catarinense e que não ocorria desde 2019 por causa da pandemia - Foto: PRF | Divulgação

A previsão é de aumento relevante no fluxo de veículos nas rodovias federais e estaduais de Santa Catarina em virtude do feriado católico de Corpus Christi, nesta quinta-feira (16). Em decorrência dos números de operações em anos anteriores, as polícias Militar Rodoviária (PMRv) e Rodoviária Federal (PRF), atuarão com efetivo reforçado entre esta quarta-feira (15) e a próxima segunda-feira (20). O objetivo é prevenir condutas que aumentam o risco de acidentes graves ou pioram as lesões das vítimas, como ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade, consumo de álcool e falta de equipamentos de segurança, como capacete, cinto de segurança ou cadeirinhas para crianças.

O aumento deve ser ainda maior porque o feriado coincide com a tradicional Festa do Pinhão, em Lages. Não por acaso, as estradas do planalto serrano, tanto as estaduais como as federais, terão a fiscalização ainda mais ampliada. Isso não significa, porém, que nas outras haverão afrouxamento das ações. Tanto a PRF quanto a PMRv já convocaram os agentes que atuam em setores administrativos para atuarem nas estradas ao longo do feriado justamente para cobrir 100% das regiões catarinenses.

Rodovias federais
A Polícia Rodoviária Federal inicia a Operação Corpus Christi 2022 à zero hora desta quarta-feira (15) e segue com o patrulhamento ampliado e ostensivo até as 23h59min deste domingo (19). Os trechos mais preocupantes ficam nas BRs 282 e 116, na região de Lages, devido à Festa do Pinhão. O evento atrai milhares de pessoas à Serra catarinense e que não ocorria desde 2019 por causa da pandemia. Por isso, a PRF vai intensificar a fiscalização nas rodovias federais do Planalto Serrano com agentes convocados no período de folga e também com policiais que atuam em funções administrativas. Além disso, dez agentes vindos de outros estados já estão em Santa Catarina para aumentar a presença policial nas rodovias. Na Operação Corpus Christi 2021, a PRF registrou 139 acidentes, nos quais 143 pessoas ficaram feridas e 14 morreram. Vale destacar que desta vez não haverá nenhum tipo de restrição de tráfego em pista simples para veículos com dimensões excedentes, como bitrens ou cegonheiras no feriado e no fim de semana.

Estradas estaduais
A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) também inicia nesta quarta-feira (15) a Operação Corpus Christi 2022, mas um pouco mais tarde: às 18 horas. As ações ampliadas prosseguirão até as 8 horas da próxima segunda-feira (20). “Um dos focos principais neste ano é orientar e combater o uso de álcool e entorpecentes antes de dirigir e coibir as ultrapassagens em locais não permitidos”, alerta o chefe do Estado-Maior do Comando da Polícia Militar Rodoviária (CPMR), tenente-coronel Marcus Vinicius dos Santos – veja mais no vídeo abaixo. No ano passado, a Operação Corpus Christi terminou com 95 acidentes nas rodovias estaduais. Ao todo, estas colisões envolveram 157 veículos e deixaram 72 pessoas feridas e quatro mortas.

Orientações para uma viagem mais segura

  • Faça um planejamento da viagem, prevendo pontos de parada com pausas programadas.
  • Procure descansar e colocar o sono em dia, evitando que a sonolência possa contribuir para causar acidentes.
  • Esteja com a documentação do veículo em dia.
  • Não esqueça da utilização dos dispositivos de retenção como o cinto de segurança e também da cadeirinha, no caso de transporte de crianças.
  • Respeite a sinalização e os limites de velocidade estabelecidos para cada trecho.
  • Ultrapasse somente em locais permitidos e com condição segura para realizar a manobra.
  • Nos trechos em obras, o motorista deve redobrar a atenção e obedecer a sinalização local. 
  • Se não possuir CNH ou ainda se fez uso de bebida alcoólica, não dirija. Nestes casos, utilize transportes alternativos como os carros de aplicativos, táxis, ônibus.

Fonte: Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar Rodoviária
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul