Um idosa de 68 anos, identificada como Maria Madalena Reicherdt Machado, morreu às 12h10min desta terça feira (28), após ter a cabeça prensada por um elevador de carga residencial no Centro de Guabiruba, no Vale do Itajaí. Ela fraturou a coluna cervical no acidente e morreu instantaneamente.

A vítima morava com a irmã em uma residência de dois andares nos fundos do prédio de uma agência de cooperativa de crédito. Maria estava limpando a área onde fica o elevador e, provavelmente sem perceber, acionou um botão que fez o elevador descer e atingir sua cabeça.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e encontrou o elevador parado com parte do corpo da vítima para fora. O Instituto Geral de Pericias foi chamado e removeu o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) de Brusque.

Segundo informações, o elevador atualmente estava desativado e foi utilizado para transportar um cadeirante já falecido que morava na residência.

As circunstâncias do acidente serão apuradas pela Polícia Civil.  A vítima era viúva e deixa uma filha no Paraná.

Foto: Nosso Vale Notícias/Divulgação