João Victor (detalhe) tinha 27 anos e não resistiu aos ferimentos. Ele morreu ainda no local do acidente. - Foto: Corpo de Bombeiros Militar de Imbituba/Divulgação/Notisul.
João Victor (detalhe) tinha 27 anos e não resistiu aos ferimentos. Ele morreu ainda no local do acidente. - Foto: Corpo de Bombeiros Militar de Imbituba/Divulgação/Notisul.

Rafael Andrade
Imbituba

 

Foi muita chuva que caiu na região entre a tarde deste sábado e a madrugada de hoje. Além de provocar uma série de transtornos como a queda de barreiras em rodovias, alagamentos, queda de árvore, e até mesmo o transbordamento de alguns rios, o maior risco em dias de clima úmido é o perigo de aquaplanagem no trânsito, principalmente na rodovia federal BR-101. E esta pode ter sido a causa do acidente que resultou na morte do jovem motorista João Victor, 27, natural de Garopaba. Ele conduzia o seu Chevrolet Onix, placas de Corupá, próximo das 5 horas de ontem na 101, no bairro Mirim, quando perdeu o controle, colidiu na mureta que divide as pistas e capotou. Ele trafegava no sentido Sul.

João não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do acidente. Um Gol, placas de Tubarão, que seguia logo atrás, não conseguiu frear a tempo e bateu na traseira do Onix, mas sem muita gravidade. O Corpo de Bombeiros de Imbituba socorreu os dois ocupantes do veículo tubaronense. O condutor, 59, e a passageira, 28, sofreram ferimentos leves pelo e foram encaminhados ao Hospital São Camilo, de Imbituba.

O Instituto Médico Legal (IML) de Laguna recolheu o corpo da vítima. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Paulo Lopes atuou na ocorrência e precisou sinalizar a pista para o socorro dos sobreviventes e a retirada dos carros. Também em Imbituba, um caminhoneiro perdeu o controle da direção neste sábado após aquaplanar. O veículo ficou às margens da 101 e o motorista teve apenas escoriações.