Um motociclista que trafegava muito devagar atrás de duas mulheres, em Tubarão, chamou a atenção da Polícia Militar na tarde desta terça-feira. As mulheres caminhavam em uma rua no bairro Dehon e estavam com bolsas de mão.

De acordo com a PM, as características da moto eram semelhantes a de uma motocicleta que vem sendo utilizada durante roubos a pedestres naquela região. Os policiais perceberam que motociclista ficou desconfortável com a presença da viatura, então deu ordem de parada com sinais luminosos e sonoros.

O motociclista não obedeceu à ordem dos policiais e fugiu. Conforme a PM, ele trafegava nas vias da cidade em alta velocidade, fazendo ultrapassagens arriscadas e quase batendo nos veículos e pedestres.

A perseguição pela cidade durou cerca de 15 minutos. O motociclista foi em direção à BR-101 sentido Norte-Sul e usou a passarela de pedestre para despistar os policiais, indo ao sentido oposto e trafegando na contra-mão.

O motociclista chegou a passar por uma viatura e quase bateu de frente com os policiais. E na altura do bairro Vila Esperança, ele acabou colidindo de frente com um Polo que saía da BR-101.

Os Bombeiros foram acionados, quando chegaram ao local o motociclista estava inconsciente, sinais vitais alterados, apresentando sinais e sintomas de traumatismo craniano. Ele recebeu os primeiros socorros e conduzido ao Hospital Nossa Senhora da Conceição.

A Polícia não informou o estado de saúde do motorista do carro.

A PM também verificou que a moto tinha adulteração no motor. O motociclista vai responder pelos crimes de desobediência, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, trafegar em velocidade incompatível com a segurança em locais com grande movimentação de pessoas, gerando perigo de dano e acidente de trânsito com pessoa lesionada (auto lesão), além do que infração administrativa de trânsito.

O motociclista estava sem documentos e a PM não conseguiu identificar. A moto foi recolhida e encaminhada a delegacia de Polícia Civil.