Três motoristas foram autuados em flagrante.  Dois deles foram liberados e o outro está no presídio de Tubarão.
Três motoristas foram autuados em flagrante. Dois deles foram liberados e o outro está no presídio de Tubarão.

Amanda Menger
Jaguaruna

O fim de semana foi de muito trabalho para os policiais da região. Só no sábado, foram três casos de motoristas enquadrados na lei seca. O mais grave ocorreu em Jaguaruna. Um adolescente de 13 anos foi atropelado e o motorista fugiu sem prestar socorro.
O jovem caminhava com um amigo na rua Ernesto Lacomb, no bairro Retiro, em Jaguaruna, quando foi atropelado por um Fiat Uno que subiu a calçada. O adolescente teve traumatismo craniano e foi encaminhado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão.

Testemunhas do acidente acionaram a Polícia Militar, que começou as buscas. Com auxílio da PM de Sangão, o condutor foi detido. Ao realizar o teste do bafômetro foi constatada a embriaguez. Ele foi conduzido à delegacia da Polícia Civil de Jaguaruna, onde foi feito o boletim de ocorrências pelo delegado Marcos Ghizoni. Em seguida, o homem foi conduzido ao presídio de Tubarão, onde está à disposição da justiça.

Os outros dois casos ocorreram em Tubarão. Um jovem de 20 anos colidiu contra um muro, no bairro Humaitá, na tarde de sábado. O rapaz fez o teste do bafômetro, que acusou 0,91 miligramas por litro e na contra-prova 0,86 mg/l. No outro caso, uma jovem de 22 anos envolveu-se em um acidente na esquina da Altamiro Guimarães com a Osvaldo Cruz, em Oficinas.

Ao realizar o bafômetro, verificou-se que a mulher tinha 0,94 mg/l e na contra-prova 0,90 mg/l.
Nos dois casos, os motoristas foram encaminhados à Delegacia de Delitos de Trânsito e Crimes Ambientais, onde foi feito o flagrante. Após o pagamento da fiança no valor de R$ 955,20, os dois foram liberados.