Um jovem de 22 anos morreu depois de ter sido baleado na madrugada de domingo (31) em Blumenau, no Vale do Itajaí. A vítima, identificada como Ruan Carlos Santos de Oliveira, estava num carro que foi atingido por pelo menos 30 tiros. A Polícia Civil investiga o caso.

A Polícia Militar atendeu a ocorrência pouco antes das 2h. Ruan estava com um primo, que é motorista de aplicativo, num veículo, na rua Almirante Tamandaré quando viram dois homens empurrando uma motocicleta. Os dois pediram uma carona e entraram no carro.

Depois, chegando na rua professor Matheus Bragagnolo, no bairro Água Verde, próximo à região central de Blumenau, eles foram recebidos por mais de 30 disparos. Ruan foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado para o hospital Santa Isabel, mas não resistiu.

As marcas também ficaram na fachada da Associação de Moradores Eça de Queiroz: pelo menos 22 tiros. O primo relatou o momento do crime. “Desespero, eu abaixei a cabeça, que foi a primeira coisa que me veio foi abaixar a cabeça. Horrível, horrível”, disse ele num vídeo.

Testemunhas relataram que três homens que já estariam no local atiraram no veículo e que um quarto chegou numa moto e também disparou contra o carro.

O motorista de aplicativo deve ser ouvido pela polícia na tarde desta segunda.