Zahyra Mattar
Laguna

O trânsito de veículos e pedestres na BR-101, entre Imbituba e Sangão, especialmente, exige atenção triplicada. A quantidade de desvios por conta das obras de duplicação da BR-101 tornam o tráfego lento e perigoso. E foi exatamente em um destes locais que a motorista Cândida Teresinha Goulart da Rocha, 28 anos, morreu ontem.

Ela dirigia o veículo Gol placas MDB-9497, de Joinville, e colidiu de frente com a Scania T112 placas AEY-1491, de Timbó, no norte de Santa Catarina. O caminhão, guiado por Valcir Wolp, 37 anos, estava carregado de papelão e chegou a capotar na margem da rodovia devido à violência do impacto. A carga, avaliada em aproximadamente R$ 350 mil, foi removida no fim do dia por um guincho.

O acidente ocorreu às 6 horas de ontem, no quilômetro 318,6, em Laranjeiras (próximo à entrada para a comunidade de Bananal, onde há o desvio). O trânsito chegou a ser interrompido por aproximadamente uma hora. O motorista da Scania teve ferimentos leves, foi medicado e liberado. Cândida morreu na hora. O seu corpo foi recolhido pelo IML de Tubarão e liberado no início da tarde de ontem para a família. Ela residia na comunidade de Santiago, em Laguna.