A arma do crime foi apreendida pela polícia
A arma do crime foi apreendida pela polícia

São Ludgero

Diego Remor, 20 anos, sofreu uma tentativa de homicídio na madrugada desta sexta-feira, na festa ‘Quinta Bandida’, no CTG Beira Rio, em São Ludgero, no bairro Encosta do Sol. Por volta das 2 horas, outro jovem de 22 anos entrou no salão e efetuou dois disparos contra Diego.

Uma bala atingiu o rosto, abaixo do olho, e a outra as costas, próximo à coluna cervical. Diego foi levado pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, onde foi submetido à tarde a uma cirurgia. Ele está lúcido e o seu quadro é estável.

Uma velha rixa já existe entre os dois envolvidos, que brigaram duas vezes. O rapaz que atirou foi preso cerca de três horas após o crime, no Balneário Campo Bom, em Jaguaruna. Em depoimento à Polícia Civil de Braço do Norte, ele disse que na última discussão apanhou muito de Diego, e ficou com o rosto transfigurado.

Cerca de mil pessoas estavam na festa. Os tiros ocorreram perto do palco e o tumulto foi grande. O acusado passou por uma revista quando entrou no local. Após encontrar a vítima, voltou à rua, pegou a arma no carro e retornou, com o intuito de atirar.
Desde o início das investigações para identificar o acusado e localizá-lo, os trabalhos foram realizadas em uma parceria entre os policiais civis e o serviço de inteligência da Polícia Militar de Braço do Norte.