Imbituba

Andresa Martins Soares, de 30 anos, e Vitória Soares, 3, morreram carbonizadas trancadas em um quarto da própria casa onde moravam, no bairro Guaiúba, em Imbituba. A residência da família pegou fogo na noite de sábado. Elas não conseguiram deixar o local a tempo. Havia grades nas janelas.

A casa, de madeira, era uma construção nova e tinha quase 50 metros quadrados. Os bombeiros de Imbituba chegaram rápido, mas não conseguiu acessar o ponto onde mãe e filha estavam. As chamas, altas, espalharam-se muito rapidamente. A casa ficou destruída em poucos minutos.

Foram utilizados quase quatro mil litros de água para combater as chamas. Os corpos de Andresa e Vitória foram encontrados juntos e totalmente carbonizados. O marido de Andresa estava no trabalho quando a tragédia ocorreu. Ele ficou em estado de choque assim que chegou no local.

Os corpos das vítimas foram recolhidos pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) de Tubarão. Um laudo deve ficar pronto em 30 dias e apontar as causas do incêndio. Existe a suspeita de um curto circuito em um aparelho eletrônico.