Tubarão
 
A família do aposentado Pedro Martins, 62 anos, morador de Capivari de Baixo, recebeu uma ótima notícia dos médicos na madrugada de ontem. Após uma série de exames, a bala que atingiu o peito de Pedro atravessou o seu corpo e saiu pelas costas, próximo à paleta, sem atingir nenhum órgão.
 
O aposentado foi vítima de uma tentativa de homicídio na tarde de quarta-feira, no centro de Tubarão. Pedro foi atingido por um disparo quando tentou conter um ladrão que tinha acabado de assaltar a Lotérica Lima, próximo à agência do Banco do Brasil da avenida Marcolino Martins Cabral.
Foram feitos três disparos e um acertou Pedro  – os outros dois passaram de raspão. O idoso já tem uma bala alojada na cabeça, resultado de um outro assalto, em São Paulo, na década de 90. Ele também tem problemas cardiorrespiratórios.
 
Apesar do susto, Pedro está internado em um quarto do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e deve receber alta no início da próxima semana.
 
Um dos bandidos que participou do assalto, de 18 anos, foi preso poucos minutos depois, no bairro Morrotes. Os outros dois são adolescentes e continuam foragidos da polícia e com o dinheiro do roubo, cerca de R$ 50 mil.