Maycon Vianna
Imbituba

A Polícia Civil de Imbituba confirmou, nesta sexta-feira, a participação de três dos quatro ocupantes (dois confessaram efetuar os disparos) do Corsa verde, com placas de São José, como os assassinos de Evaldo Alves dos Santos, o Dado, 47 anos, natural de Tubarão.

Ele foi morto com vários tiros à queima roupa na última quarta-feira, no bairro Nova Brasília, em Imbituba, quando saía de um mercado. Após o crime, os bandidos fugiram pela comunidade de Pau Seco. No caminho, a 1,5 quilômetro do homicídio, capotaram o veículo. Um deles, o motorista do automóvel, 30 anos, morreu.

Após o capotamento do veículo, os três ocupantes foram presos e afirmaram, em depoimento à polícia, que não houve um mandante do crime. “Eles mesmos alugaram o automóvel e elaboraram o plano de execução. As investigações continuam até o desfecho do caso”, revela um policial civil.

Os assassinos estavam na cidade desde o último sábado e perseguiam a vítima. Os três continuam presos na Unidade Prisional Avançada de Imbituba e responderão criminalmente por homicídio qualificado.