#Pracegover Foto: na imagem há o giroflex de uma viatura
#Pracegover Foto: na imagem há o giroflex de uma viatura

Uma ocorrência de violação de domicílio, lesão corporal e ameaça foi registrada nesta terça-feira (9) em Sangão, no Bairro Água Boa. A guarnição da Policia Militar foi acionada por volta de 12h30, via Central Regional de Emergências (190).

No local, a vítima, um homem de 37 anos, informou que  seu vizinho, autor do fato seria usuário de cocaína e que estava completamente alterado em sua residência. A informação é de que ele estaria utilizando entorpecentes há 5 dias seguidos.

Ele teria passado a encará-lo e posteriormente começou a jogar pedras em sua casa. Invadiu sua residência e iniciou agressões corporais com a utilização de um laço de gado. A vítima relatou que se defendeu como pôde, mas, mesmo assim, entrou em luta corporal para se defender das agressões.

No confronto sofreu algumas lesões nas costas, pescoço e braço. Após terminar de ouvir a vítima, a guarnição seguiu até a residência do autor do fato. Na abordagem, o homem de 30 anos, estava extremamente violento, coberto de sangue na cabeça, onde aparentava estar com um ferimento profundo e marcas nas costas.

Resistente à prisão ele proferia diversas ameaças a guarnição. Em determinado momento, pegou um tijolo e demonstrou intenção de jogá-lo contra os policiais, bem como outras vezes teve a mesma atitude com telhas e duas facas pequenas.

Por não possuir pistola elétrica incapacitante e,por questão de segurança, a guarnição solicitou apoio policial de Tubarão. Durante a espera os policiais fizeram um cerco do agente e aguardava suporte.

Com a chegada da guarnição de apoio, esta fez uso da pistola elétrica incapacitante, entretanto, o disparo efetuado não surtiu efeito e o homem empreendeu fuga para a mata. Foi iniciada busca pelo autor. Em determinado momento, ele tentou montar em um cavalo, mas foi impedido pelo primeiro policial que conseguiu alcançá-lo.

Na abordagem, o autor passou a fazer uso do animal para atacar o policial, proferindo coices e chutes, atiravando o próprio corpo do animal contra o policial. Nesse momento, o PM caiu e por não possui nenhum armamento menos letal, e com intuito de se defender o policial efetuou disparos de arma de fogo na direção da perna do fugitivo.

Mesmo alvejado, o homem subiu no cavalo e empreendeu fuga para a área da mata. Nesse momento, mais guarnições chegaram de apoio. Foi realizada a varredura em conjunto, mas ele não foi encontrado.

Momentos depois, quando a guarnição de Sangão ainda fazia buscas na região, a Central de Emergências de Tubarão recebeu nova denúncia informando que o homem estava transitando de bicicleta pelo bairro. Os policiais se deslocaram até o local e conseguiram abordá-lo sem que apresentasse resistência à prisão.

Ele foi conduzido até o hospital onde recebeu o devido atendimento médico. Posteriormente foi levado à Delegacia para as medidas cabíveis.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul