Jaguaruna

 Um homem de 24 anos foi preso em flagrante em Sangão por venda irregular de produtos anabolizantes. A ação foi impetrada pela Coordenadoria Regional de Investigações Especiais do Ministério Público de Santa Catarina, em uma força-tarefa constituída pelo Ministério Público estadual e Polícias Civil e Militar. Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão.

O homem vinha sendo investigado pela venda dos produtos de procedência ignorada e sem registro no órgão de Vigilância Sanitária. A pena prevista para este tipo de crime é de 10 a 15 anos de reclusão e multa. Na data da prisão, a polícia tinha informações de que o suspeito receberia nova remessa dos produtos para revendê-los em Tubarão. Policiais foram até Sangão e o aguardaram nas proximidades da agência dos Correios de Morro Grande. A abordagem foi feita no momento em que ele deixava o prédio em posse das substâncias. Os trabalhos contaram com a participação de policiais civis de Jaguaruna. A prisão também foi efetuada pela delegacia da cidade.

Ainda foi apurado que o acusado recebia diversos produtos anabolizantes por via postal, de outros estados, principalmente Minas Gerais e Bahia. Novas buscas serão realizadas pela polícia civil de Jaguaruna, em parceria com a Polícia Federal, para descobrir as identidades dos responsáveis pela remessa dos produtos anabolizantes, via Correio, para o estado.