Um homem foi preso após invadir uma cooperativa de crédito no Centro de Vargeão, no Oeste catarinense, na manhã desta terça-feira (12) e fazer três funcionários reféns. O local foi cercado por policiais. Uma das vítimas teve lesões leves e as outras duas não ficaram feridas.

Em vídeo divulgado pelo Serviço Aeropolicial de Fronteira (Saer) da Polícia Civil, um homem, que seria funcionário da cooperativa, é rendido e obrigado a entrar na agência pelo criminoso. Também é possível ouvir um disparo.

Segundo o delegado da Polícia Civil Vinícius Brandão, o gerente da cooperativa foi rendido ainda em casa e levado pelo assaltante até o local. As polícias Civil, Militar, SAER e DIC participaram da operação e o local foi isolado.

Depois de pouco mais de uma hora de negociações, as vítimas – o gerente de 61 anos e duas funcionárias, uma de 64 e outra de 30 – foram libertadas aos poucos. Após cerca de 3 horas de cerco nas mediações, o criminoso se rendeu e foi levado para a delegacia de Ponte Serrada.

Ainda segundo o delegado, o assaltante de 26 anos, que não teve a identidade divulgada, disparou dois tiros com uma arma de fogo calibre 38, mas não atingiu ninguém.

A polícia não descarta a possibilidade de que outras pessoas estejam envolvidas no crime. Segundo o delegado regional de Xanxerê, Adilson Bressan, o homem preso será autuado em flagrante por tentativa de roubo e porte ilegal de arma. Depois, será levado ao Presídio Regional de Xanxerê.

Atuaram na ação dezenas de policias civis e militares, que contaram com apoio do helicóptero do Saer de Chapecó.