A Polícia Civil concluiu na última terça-feira (2), um inquérito policial que apurava a conduta do funcionário de uma empresa de Chapecó. Ele estaria desviando valores para finalidades particulares.

A empresa disponibilizava cartões de débito a alguns funcionários para custear despesas decorrentes da atividade laboral, porém, o suspeito passou a utilizar um cartão, em nome de um ex-funcionário.

Ele gastava em supermercados, farmácias, padarias, petshops, lojas de departamentos, restaurante, hotéis e postos de combustíveis, até que a fraude foi descoberta porque a empresa percebeu despesas fora da normalidade.

Até agora o prejuízo causado foi de aproximadamente R$ 344.500,00 e, ao final da investigação, o delegado concluiu pelo indiciamento do suspeito pela prática de 563 furtos qualificados mediante fraude e com abuso de confiança.

O inquérito policial foi remetido ao Poder Judiciário para providências e o suspeito responderá em liberdade.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Aconteceu