Dois homens, foragidos da Justiça do Estado do Pará, foram presos em Santa Catarina nesta segunda-feira (25). A ação foi conjunta das Polícias Civil de SC e do Pará.

As prisões ocorreram em Criciúma e em Florianópolis (Ingleses, norte da Ilha de SC). Em Criciúma, o homem foi autuado em flagrante por uso de documentos falsos, no bairro Nossa Senhora da Salete.

Segundo divulgou a Polícia Civil do Pará, o trabalho faz parte da segunda fase da Operação “Cabeças” e ao total três pessoas foram presas nesta segunda-feira (duas em SC e uma na cidade de Uberlândia, em MG).

 

Integração

A ação teve como principal objetivo cumprir mandados de prisão de membros de facção criminosa de âmbito nacional, que organizavam e comandavam crimes no Pará. A ação foi realizada de forma integrada com as Polícias Civis dos demais Estados.

Ainda conforme a PC do Pará, todos são conselheiros finais de uma facção criminosa. Eles deverão ser levados para o Estado do Pará e, posteriormente, transferidos para uma unidade prisional Federal.

Atuaram policiais civis de SC, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma, da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC), da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (DECRIM/PCSC) da Capital, da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado da DEIC (DRACO/DEIC) e da Diretoria de Inteligência.

 

Fonte: PCSC

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul