A Policia Militar por meio da guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), após
receber denúncia de que um masculino estaria armazenando entorpecentes em um
apartamento no centro de Tubarão, se deslocou para averiguar. O fato ocorreu as 15h14 desta terça-feira (1).

No local, após breve campana, foi possível visualizar o referido indivíduo entrando no prédio com sua esposa e a filha do casal, momento em que a guarnição realizou a abordagem. Em busca pessoal ao masculino a polícia encontrou um pacote de crack a ser fracionado.

Já no apartamento alugado pelo homem, foi encontrado um fuzil calibre 762, R$ 4.617,00 em espécie, 20 (vinte) pedras de crack, uma balança de precisão, embalagens para armazenamento de entorpecente e três aparelhos celulares.

Após conversas com o autor, ele informou que teria uma grande quantidade de entorpecentes na casa de sua mãe. A mulher também informou que teria “picado” droga na casa de sua sogra na terça-feira (1).

Com a informação, a guarnição foi até a referida residência, localizada no bairro
Campestre, e lá o padrasto do autor, um homem de 24 anos que mora na residência foi abordado.

Por meio de buscas, foi localizada uma grande quantidade de entorpecentes no quarto do mencionado homem, sendo em torno de 126 gramas de cocaína, 1.418 gramas de maconha e 227 gramas de crack.

Também foram encontradas mais embalagens para armazenar o entorpecente bem como algumas munições, sendo uma de calibre 38 e duas de 9 mm. A avó do autor estava nervosa e disse que não sabia da existência do entorpecente em sua casa, tampouco do envolvimento do neto e do padrasto com o tráfico.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão a uma mulher de 18 anos, um homem de 24 e o adolescente de 16 anos foi apreendido. Todos foram conduzidos a central de polícia civil para lavratura do flagrante. Já as duas crianças que estavam presentes no apartamento do autor quais foram conduzidas pela Conselheira Tutelar.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul