O homicídio praticado hoje (11) contra Delamar Marcelino da Silva Bem, de 51 anos, de Laguna, pelo seu ex-companheiro, foi premeditado, conforme a Polícia Civil. O autor comprou uma faca em um supermercado, em Tubarão, e voltou para Laguna com o firme propósito de matá-la, segundo o delegado Bruno Fernandes, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da cidade.

Ela foi atingida por várias facadas em sua casa no bairro Progresso, que fica nos fundos de sua loja de roupas, no início da tarde. No momento do crime, uma funcionária do estabelecimento comercial tentou intervir e também foi esfaqueada. Ela está em estado grave no Hospital Senhor Bom Jesus dos Passos.

O delegado afirma que na confissão, o homem alegou ter praticado o feminicídio por ter descoberto que a ex-mulher o traía, versão completamente descartada pelos familiares da vítima.

Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado consumado (feminicídio) e homicídio qualificado tentado e segue à disposição do poder judiciário na Unidade Prisional Avançada (UPA), em Laguna.

Delamar será velada na Capela Mortuária Central de Luto Cristo Rei amanhã (12), a partir das 8h. Seu sepultamento será realizado às 14h no Cemitério Municipal da Glória.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul