Uma operação conjunta entre a Polícia Civil de Imaruí e a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), para apurar suspeitas de falsificação de selo e sinal público por empresas de pescados, foi realizada nesta sexta-feira (4).

Em uma das empresas houve a apreensão de documentos e computadores. Em outra, a Cidasc constatou pescados armazenados de forma irregular sem a comprovação de procedência e os rótulos nos produtos.

O estabelecimento foi interditado e os produtos irregulares apreendidos. Foi instaurado um inquérito para apurar as circunstâncias e responsabilidades dos fatos, entre esses a falsificação de sinal e a venda de mercadoria em condições impróprias para o consumo, o qual configura crime contra o consumidor.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul