Um homem, de 66 anos, foi preso pela Polícia Civil de Criciúma na tarde desta terça-feira, dia 10, no bairro Mina do Mato, em Criciúma. Ele era foragido da Justiça desde 2018, quando foi condenado pelo crime de estupro de vulnerável. O detido abusou da sua enteada dos nove aos 11 anos de idade.

O crime teria ocorrido em Cocal do Sul entre os anos de 2009 e 2011. As investigações iniciaram com a equipe da Delegacia de Polícia de Cocal do Sul, depois que a vítima resolveu denunciar o estuprador. Após sua condenação, deferida pelo Poder Judiciário de Urussanga, o homem passou a ser considerado foragido.

“Recebemos informações da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma sobre onde ele estaria. Há um mês estávamos acompanhando a rotina dele e hoje efetuamos a prisão”, afirmou o delegado Fernando Guzzi, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), de Criciúma, que coordenou a ação policial.