Amanda Menger
Imbituba

Com as obras de duplicação na BR-101, a recomendação é que os motoristas fiquem atentos à sinalização. E não é para menos. Ontem, um acidente envolveu três veículos e por pouco não resultou em tragédia.
Dois caminhões do Rio Grande do Sul trafegavam no sentido sul-norte quando um deles reduziu a velocidade para entrar em um desvio que leva ao trevo de acesso a Imbituba, na comunidade de Vila Nova.

O que seguia atrás, um Mercedes Benz, tentou desviar para não bater, mas acabou atingindo um caminhão de manutenção da Celesc, de Tubarão, e um Corsa, de Imbituba, que vinham na direção contrária, norte-sul.

O Mercedes cruzou a pista contrária, rodou e capotou. O caminhão estava carregado com cerca de 15 toneladas de arroz, que foram saqueadas.
Três pessoas ficaram feridas. Entre deles, José Neilatrônico, o condutor do caminhão da Celesc. Duas meninas, Fernanda Corrêa, de 15 anos, e Renata Neilatrônico, 14, passageiras do Corsa, tiveram ferimentos leves.

O condutor do Mercedes, Luiz Eugênio da Rosa Pinto, e a motorista do Corsa, Claúdia Leal, saíram ilesos do acidente.
O trânsito ficou interrompido nos dois sentidos das 16 às 19 horas, formando um engarrafamento de mais de 30 quilômetros. O fluxo de veículos ficou lento até as 21 horas.

Feriado
O último feriado prolongado do ano, de Corpus Christi, registrou grande movimento na BR-101, felizmente, sem registro de acidentes com vítimas. Nas rodovias estaduais, o ‘feriadão’ também foi considerado calmo, com maior movimento ontem, na SC-438, da serra em direção ao litoral, devido à festa do Pinhão, em Lages.