As investigações sobre o desaparecimento da pequena Iara Nogareti, de 2 anos e 2 meses, em Imaruí, foram iniciadas ontem (6) pela Polícia Civil da cidade. O caso ganhou grande repercussão após a menina ter ficado cerca de 20 horas desaparecida. Felizmente tudo acabou bem. Ela foi encontrada e está com a família.

A delegada Patricia fronza Vieira, responsável pela delegacia de Imaruí, começou a apurar os fatos. Ontem (6), ela e dois agentes da Polícia Civil foram à residência da família no bairro São Tomás. Alguns depoimentos foram tomados, as atribuições estão sendo distribuídas, no entanto as investigações estão sob sigilo. 

O desparecimento da pequena, para muitas pessoas, é cercado de mistério e indagações. Circulam em redes sociais e grupos de WhatsApp declarações de pessoas que dizem ser muito estranho o fato da menina ter reaparecido após 20 horas – ela passou a noite fora de casa em meio à mata – limpa e com as roupas completamente secas.

“Para quem passou a noite na mata, ela estava muito limpinha”, declarou uma pessoa em um grupo. Já há outros que afirmam ter uma suposta pessoa envolvida no desaparecimento. “Havia muitas pegadas por todos os lugares, pois muitos se empenharam nas buscas, ficamos horas e horas procurando em uma área de mata muito fechada. Saímos molhados do local. Já a menina estava sem um arranhão, seca e algumas mordidas de insetos. Há quem diga que ela não passou a noite no meio do mato”, afirmou outra pessoa.

Tudo são rumores, não há nada oficial e comprovado, somente as investigações da Polícia Civil é que vão apontar o que realmente aconteceu durante o período em que Iara ficou fora de casa. 

Relembre

A menina foi encontrada nesta quinta-feira (6), às 10h45min, pelo capitão Marques dos bombeiros militares do 8ºBBM. A garota caminhava em uma estrada próxima a uma ponte, acompanhada de seu cachorrinho, em Imaruí, quando foi localizada. A pequena estava em bom estado de saúde.

Atuaram nas buscas bombeiros militares e comunitários, policiais miliares e civis, e população. As buscas foram realizadas desde quando ela desapareceu no início da tarde de quarta-feira (6). Com a garota, estavam desaparecidos também dois cães, sendo que um dos animais retornou à residência.

O último ponto onde a menina foi vista tinha sido o portão de acesso à propriedade onde reside a família, que fica na localidade de São Tomás. As equipes realizaram os trabalhos de busca, com mais de 30 bombeiros, com duas equipes com drones (para realizar a varredura aérea da área) e dois binômios (Bombeiro+cão de busca) do CBMSC.

O reencontro da garotinha com a família, amigos e moradores da cidade foi emocionante, havia muitas pessoas ajudando na procura e aguardando notícias. Em sua chegada, não faltaram aplausos, choro, emoção e orações de agradecimento. 

————-