Maycon Vianna
Jaguaruna

Mais um crime passional na região ocorreu por volta da 0h45min desta sexta-feira, no Balneário Paraíso, em Jaguaruna. Luiz Henrique da Rosa Matta, 28 anos, estava em sua residência, quando um outro homem, de 50 anos, morador da localidade há pouco tempo, invadiu o local e disparou um tiro contra o peito da vítima, com uma espingarda calibre 24. Os vizinhos ouviram pelo menos três disparos (a perícia técnica confirmou que apenas um tiro atingiu Luiz Henrique) e acionaram a Polícia Militar pelo telefone de emergência. Quando chegaram ao local do crime, os policiais militares de Sangão e Jaguaruna já encontraram Luiz Henrique morto, próximo a uma escada que dá acesso à casa.

A PM começou a procura pelo suspeito e foi até a residência dele. Instantes depois, encontraram a sua companheira, de 34 anos. Ela disse que o atirador estava deitado. A polícia o levou até a casa de Luiz. As testemunhas reconheceram o assassino pelas roupas e ele foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Jaguaruna.

O delegado de plantão, Nazil Bento Júnior, ouviu o depoimento do acusado, enquadrado por homicídio culposo qualificado, e, na tarde desta sexta-feira, ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão.
Os investigadores da Polícia Civil acreditam que a causa da morte de Luiz Henrique foi motivada por ciúmes. O autor dos disparos já tinha passagem pela polícia por envolvimento em outro assassinato na cidade.