O corpo do caminhoneiro de 34 anos que morreu carbonizado na última quinta-feira, dia 19, em um grave acidente no Km 396 da BR-101 em Maracajá, foi liberado nesse sábado para os familiares. O corpo da vítima estava no Instituto Médico Legal (IML) de Araranguá e aguardava os resultados dos exames de identificação para ser liberado. As informações são da Rádio Araranguá.

A vítima foi identificada como Marcelo da Silva. Ele conduzia uma carreta com placas de Araucária (PR) e bateu na traseira de um caminhão conduzido pelo próprio irmão. A vítima morreu carbonizada dentro da cabine do veículo. Um terceiro caminhão também se envolveu no acidente, mas o veiculo sofreu danos apenas no para-choque traseiro.