O assassino de Robson Ribeiro Laurindo, popularmente conhecido como Bob, foi condenado a 16 anos e 4 meses de prisão.

Após uma sessão do juri de aproximadamente 12 horas nesta quarta-feira (27), no plenário da Câmara de Vereadores de Orleans, Felipe Rodrigues da Cunha de 27 anos, recebeu a sentença da juíza de direito, Bruna Canella Becker Búrigo.  Conforme a decisão, ele foi o autor dos cinco disparos de arma de fogo que vitimaram Bob no dia 06 de maio de 2017, em frente a uma casa noturna no centro da cidade.

A sessão finalizou por volta de 21 horas. Ao lado do condenado,G. L. S. S., recebeu a decisão do juri. Ele foi absolvido e responderá em liberdade por porte ilegal de arma de fogo.

Tensão durante a sessão

Familiares da vítima acompanharam toda a sessão, junto ao público de aproximadamente 100 pessoas, sendo acadêmicos do Curso de Direito, professores e advogados.

Em diversas ocasiões, houve atrito verbal entre os advogados de defesa dos réus e o promotor de justiça. A situação precisou ser contida pela juíza.

Pausas foram realizadas para almoço e café da tarde e na parte final da sessão, os advogados de defesa dos réus utilizaram impressões de boletins de ocorrência da vítima de assassinato e confeccionaram um “varal”.

A ação causando revolta do promotor de justiça e dos familiares de Bob, presentes na sessão.