Tubarão

Um mandado de prisão preventiva cumprido ontem colocou atrás das grades o último envolvido em uma tentativa de latrocínio ocorrida em maio no Supermercado Machado, no bairro São Clemente, em Tubarão. No dia do crime, dois rapazes roubaram dinheiro do estabelecimento e, ao saírem do local, atingiram uma das funcionárias com um disparo de arma de fogo.

No início da tarde, um grupo de policiais civis da Divisão de Combate a Furtos e Roubos (DCFR) prendeu o suspeito de 29 anos em uma residência no bairro Oficinas. No dia 7 de maio, por volta das 17 horas, dois homens entraram no estabelecimento, um deles de posse de uma arma. A dupla escondia os rostos com capacetes e balaclavas. 

Após roubarem o dinheiro, ao fugirem do local em uma motocicleta Honda Twister 250 vermelha, com placa de Capivari de Baixo, o veículo teve falha mecânica. Na tentativa de escapar, o bandido que estava no banco do carona disparou dois tiros em direção ao supermercado. Uma bala atingiu o ombro de uma fiscal de caixa.

Os bandidos conseguiram acionar o veículo e fugiram. Havia outro envolvido no crime, além da dupla. A funcionária ferida foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), encaminhada ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e liberada alguns dias depois.

“Após intensa investigação, conseguimos prender em julho duas pessoas envolvidas nesta tentativa de latrocínio. Este último, após os procedimentos, será encaminhado ao Presídio Regional Masculino de Tubarão”, informou o delegado responsável pela DCFR, Danilo Bessa Brilhante.