Imbituba

Após uma perseguição cinematográfica em automóveis em alta velocidade e a pé pelas ruas de Araçatuba, BR-101, Sagrada Família e Campo de Aviação, a Polícia Militar de Imbituba apreendeu mais de 310 quilos de maconha e prendeu dois traficantes. Um dos traficantes está foragido. Durante a perseguição, a PM teve o apoio da Polícia Civil e seu helicóptero do Saer, além de homens e viaturas.  

Ao verem que seriam abordados pela guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) da Polícia Militar (PM),no  Bairro Araçatuba, os ocupantes do VW Gol desobedeceram a ordem de parada e fugiram em alta velocidade em direção a BR-101, pegando o sentido Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) , sendo perseguidos de perto pelos policiais.

Antes de passarem pela PRF, os suspeitos dispensaram um objeto na altura do Posto Graal e fizeram o retorno no viaduto seguinte, despistando a viatura. Contudo, uma guarnição da PM que estava no Posto Graal procurando pelo objeto dispensado e viu o automóvel passando.

Com isso, avisada via radiopatrulha, outra viatura encontrou o carro na BR-101 e passou a segui-la, em altíssima velocidade. Segundo relatos de policiais, os bandidos deveriam estar a mais de 200 km/h.  Contudo, mais a frente, próximo ao viaduto de Vila Nova, a PM já havia formado uma grande barreira, onde os bandidos pararam um pouco antes e fugiram a pé.

Segundo informações, eles pularam a mureta e embrenharam-se num matagal em direção ao Bairro Sagrada Família, onde um deles foi alcançado e preso por um policial quando ia invadir a casa de um mecânico do bairro. Já os outros meliantes seguiram em fuga atravessando a via férrea até o Bairro Campo de  Aviação, onde a PM conseguiu capturar outro suspeito, em um terreno de um conhecido criador de cavalos.

Paralelamente, ao obter informações com o primeiro suspeito preso, policiais militares foram com ele até uma casa no Bairro Areias da Palhocinha, onde estavam armazenados cerca de 400 quilos de maconha. Os dois homens presos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Garopaba.