Maycon Vianna
Tubarão

“O senhor pode parar o carro um minuto? Pois estamos realizando uma abordagem”. Esta foi a frase mais ouvida em uma blitz policial realizada pelos 23 alunos soldados. Foi ontem, das 9 às 11h30min, na avenida Patrício Lima, no bairro Humaitá. A operação é parte integrante do estágio prático do curso de formação de soldados da Polícia Militar de Tubarão.

A carga horária do estágio é de 60 horas/aula. “Foram feitas diversas orientações para que os alunos vivenciem na prática o trabalho no trânsito da cidade”, relata o instrutor do estágio de trânsito, tenente Vilson Sperfeld.
Entre as atividades, os soldados aprendizes buscam colocar em prática os conhecimentos teóricos. Foram realizadas buscas por entorpecentes, abordagem de trânsito e verificação da documentação de veículos. “Outro trabalho prático como este será feito em outras oportunidades. Os alunos soldados também farão policiamento ostensivo a pé e na rádio patrulha”, detalha Vilson.

Para o aluno Filipe Mateus da Silva, 26 anos, de Tubarão, a atividade é muito importante para trazer a realidade do dia-a-dia de um policial militar. “Tudo transcorreu de forma tranquila. Cerca de 10% a 20% dos problemas são relacionados a documentações. O estágio é de extrema importância para não formar soldados com algum tipo de vício na parte prática externa”, avalia Filipe.