Capivari de Baixo

Daniel Zapelini Faust, autor confesso do latrocínio que vitimou o vendedor Robson Vieira, 36 anos, em junho do ano passado, em Capivari de Baixo, foi condenado pelo Poder Judiciário a 30 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado. A sentença foi proferida nesta sexta-feira pelo juiz de Direito da Comarca de Capivari de Baixo.

O crime de latrocínio ocorreu no dia 30 de junho. Após um dia da morte de Robson, Daniel, 33 anos, fugiu para Peruíbe, em São Paulo. Localizado no Estado paulista, uma equipe da Polícia Civil da cidade termelétrica se deslocou até o município do Sudeste para fazer a transferência do criminoso.

No início de julho passado, o homem confessou o crime, entretanto, ele alegou legitima defesa.
Já em Capivari de Baixo, durante a oitiva, Daniel também assumiu a prática de um roubo a um estabelecimento comercial que fica situado próximo a casa onde a vítima foi encontrada. Desde julho passado, ele estava no Presídio Regional de Tubarão. O réu foi condenado pelo latrocínio – quando um roubo resulta na morte da vítima.

O crime abalou a cidade e ganhou repercussão interestadual devido ao requinte de crueldade como foi cometido. A vítima, foi morta com golpes de faca. Robson foi encontrado sem vida por duas amigas, em sua casa, no bairro Santa Lúcia. Ele tinha as mãos amarradas, estava amordaçado com um fio e tinha ferimentos no pescoço. O portão da casa estava aberto e os cômodos da residência bagunçados. Robson não tinha passagens pela polícia, nem envolvimento com qualquer prática criminosa.