A cocaína (foto em detalhe) renderia cerca de R$ 40 mil. A ação, que durou ontem o dia inteiro, foi realizada pela Polícia Civil de Jaguaruna, com apoio da Polícia Militar  -  Foto:Polícia Civil de Jaguaruna/Notisul
A cocaína (foto em detalhe) renderia cerca de R$ 40 mil. A ação, que durou ontem o dia inteiro, foi realizada pela Polícia Civil de Jaguaruna, com apoio da Polícia Militar - Foto:Polícia Civil de Jaguaruna/Notisul

 

Mirna Graciela
Jaguaruna
 
Um casal foi surpreendido em casa pelos policiais, ontem de manhã, no Balneário Camacho, em Jaguaruna. Por meio de um mandado de busca e apreensão para investigar um esquema ilícito de compra de carros com falsificação de documentos, outros crimes foram descobertos. 
 
O homem de 27 anos e a jovem de 18 dormiam quando os investigadores bateram na porta, às 7 horas. Um Audi branco foi apreendido, mas os policiais também tinham informações do tráfico de drogas. Uma pistola calibre 380 foi encontrada escondida em um dos travesseiros, no quarto.
 
Em um pacote, embaixo da casa, havia 409 gramas de cocaína. Muitos papelotes estavam embalados para venda. Sem misturar, o montante renderia cerca de R$ 40 mil. Ainda durante a revista, os policiais localizaram um rádio-comunicador, 11 munições, uma touca balaclava, uma balança de precisão, material para embalar droga e alguns produtos eletrônicos. 
 
Isto levanta a hipótese de envolvimento em outros delitos. O casal foi conduzido à delegacia de Jaguaruna e, depois, ao Presídio Regional de Tubarão. Outro Audi foi apreendido por volta das 16h30min, em uma casa no bairro Bom Pastor, na Cidade Azul, sob a suspeita de fazer parte do mesmo esquema. 
 
No meio da tarde, a Polícia Militar recebeu uma ligação de que três pessoas arrombaram a casa do casal detido, no balneário Camacho, e saíram em um Golf preto. O trio – duas mulheres de 16 e 21 anos e um jovem de 23 – foi levado à delegacia. Eles alegaram que foram ao local buscar alguns pertences.
 
Padrasto e enteado são presos por tráfico em Tubarão 
Ações de combate ao tráfico de entorpecentes também ocorreram ontem, em Tubarão. Os policiais civis do setor de investigações criminais (SIC) e da Central de Plantão Policial (CPP) realizaram buscas em uma residência, no bairro São Martinho.
As informações apontavam a existência da venda de droga no lugar, especialmente após as 18 horas. Durante a revista, foram encontradas 70 petecas de cocaína, R$ 465,00 e 15 aparelhos de celular.
Dois homens (padrasto e enteado), de 31 e 18 anos, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico. A dupla foi conduzida à CPP e, depois, ao Presídio Regional de Tubarão.